Fitness · Saúde

Como fazer uma drenagem linfática em casa

Olá pessoal!! Tudo bem?

Uma massagem que elimina o inchaço, ajuda a combater celulite, ajuda a emagrecer e perder a barriga. Além disso, ainda ativa o sistema imunológico. A drenagem linfática consiste em estimular o sistema linfático (uma rede complexa de vasos que movem fluidos pelo corpo) a trabalhar de forma mais acelerada. Como resultado, o organismo elimina mais rápido líquidos e toxinas.

Resultado de imagem para drenagem linfatica em casa

As drenagens feitas por profissionais especializados são as mais eficientes, mas você também pode aprender a fazer uma drenagem linfática em casa e obter benefícios satisfatórios. Lembre-se de que o resultado não irá aparecer logo na primeira que você fizer a drenagem linfática manual, mas sim após algumas semanas que você repetir regularmente essa massagem. Confira as orientações de especialistas sobre como realizá-la:

Prepare a pele

A dermatologista Daniela Landim explica que antes de começar a fazer a drenagem linfática manual é necessário fazer uma esfoliação corporal, massageando a pele de forma circular e suave para ativar a circulação local. De acordo com ela, esse procedimento pode ser feito uma vez por semana. Também dermatologista, Miriam Sabino recomenda se deitar e colocar apoio nas pernas (pode ser um travesseiro mais alto na altura dos tornozelos e panturrilha) para melhorar o retorno venoso. Fique nessa posição durante uns 15 minutos antes de iniciar a drenagem linfática.

Tome um banho

A drenagem linfática ajudar a eliminar as toxinas do corpo e aliviar pontos de tensão para desobstruir a linfa (líquido que circula nos vasos linfáticos). Por isso, é melhor fazer a massagem após o banho, pois a água morna promove vasodilatação. Além disso, isso facilita a penetração dos ativos do creme, ativa a circulação e relaxa o corpo, tornando o procedimento mais prazeroso e eficaz.

Escolha os objetos certos

As mãos podem ser usadas para uma massagem clássica, mas as dermatologistas contam que o bambu, também é ótimo para a drenagem feita em casa. Um dos motivos é que os bambus são utilizados como prolongamento dos dedos, aumentando assim o alcance dos toques.

Escolha os cremes certos

“O uso de óleo de massagem ou creme ajuda no deslizamento das mãos e do objeto”, conta a dermatologista Miriam. Além disso, ajuda a diminuir o atrito com os pelos, principalmente no caso dos homens. A fisioterapeuta e especialista em drenagem linfática do Centro de Qualidade de Vida (CQV) Luciene Martins recomenda cremes com princípios ativos que ajudam a melhorar a circulação e combater a celulite, como cafeína, guaraná, ginko biloba, cavalinha e centelha asiática. Use o equivalente a uma moeda do produto para cada área. Primeiro espalhe o creme nas palmas das mãos. Com isso, ele ficará quente e facilitará a aplicação.

A parte do corpo certa para fazer drenagem linfática

Você pode fazer a massagem de drenagem linfáticas nas pernas, nos braços, na região do tronco, incluindo a barriga, e na face. “Todas essas áreas apresentam gânglios linfáticos que, ao serem estimulados, aceleram o processo de drenagem e perda de excesso de líquido corporal que causa inchaço e edema”.

Movimentos da drenagem linfática manual

Atenção nessa hora: o movimento não precisa ser forte a ponto de machucar a sua pele, principalmente se você possui varizes. Neste caso, pode causar inflamação nas veias e formação de trombos. Os movimentos circulares devem ser feitos com o polegar. Já com a mão em forma de conchinha, faça também movimentos lentos e de leve compressão, como se estivesse bombeando a pele. Repita entre cinco a dez vezes nas regiões dos corpos que apresentam gânglios linfáticos.

Nas pernas, os movimentos são ascendentes: da perna até a fossa poplítea (parte posterior do joelho), da coxa até a virilha. Na barriga o movimento deve ser feito até a virilha. Já nos braços e tórax, os movimentos vão a caminho das axilas.

Faça a drenagem à tarde ou à noite

A drenagem no período vespertino ou noturno é mais adequada porque libera as toxinas e retira o líquido do corpo acumulados ao longo do dia. “Você pode até associar uma música suave para promover um relaxamento mental e melhorar a qualidade do sono”,

Repita mais de uma vez por semana

É possível fazer drenagem linfática manual todos os dias, mas você pode ver um resultado interessante se fizer a massagem de duas a três vezes por semana. Miriam sugere pedir auxílio de um profissional especializado para que você tenha mais garantias de que irá acertar nos movimentos. “É a pressão e a forma de movimentar durante a massagem que trarão o benefício esperado”.

Achei um vídeo bem legal falando sobre como fazer a drenagem linfática em casa. Clique aqui e veja!

 Fonte: Minha vida

Bjs!!♥

Anúncios
Maquiagem

SEU DELINEADOR, MÁSCARA DE CÍLIOS OU BATOM SECOU? SAIBA O QUE FAZER PARA RECUPERAR A MAQUIAGEM RESSECADA COM TRUQUES

Olá pessoal!! tudo bem?

Nada tão frustrante quanto constatar que seu produto de make favorito ressecou antes mesmo de cumprir o prazo de validade! Se você for do time das mais apegadas, a primeira dúvida que fica é o que fazer para recuperar aquele delineador super pigmentado que você ama, a máscara de cílios queridinha ou o seu batom líquido favorito, né?

Mas pode ficar tranquila! O que não faltam são truques de maquiagem rápidos, fáceis e certeiros para deixar o seu item de make – quase – novinho em folha. Quer saber como? Veja as dicas e aproveite o produto até a última gota!

Resultado de imagem para delineador ressecado

Problema #1: o que fazer com o batom líquido ressecado?

Simples e rápida, a dica principal para recuperar o batom líquido ressecado – ou já no finalzinho – é usar água quente e amolecer todo o conteúdo que ainda resta ali dentro. Na prática, basta colocar o batom bem fechadinho dentro de uma vasilha com água morna/quente e deixá-lo ali por cerca de 5 minutos. Depois desse tempo, use o próprio aplicador dentro da embalagem para “misturar” o batom e prontinho: ele estará pronto para colorir os lábios na sua make!

Problema #2: o que fazer com o delineado ressecado?

Quando seu delineador líquido ou em gel ficar endurecido e usá-lo para aquele delineado de gatinho for impossível, você pode recorrer a duas técnicas: a primeira seria repetir o mesmo processo feito com água quente para amolecer o batom ressecado, e a segunda seria colocar uma ou duas gotinhas de soro fisiológico ou colírio dentro do recipiente. Use um palito de madeira fininho para mexer o produto – se for preciso – e, depois, é só usar o seu queridinho de maquiagem normalmente!

E o delineador em caneta? Caso a versão usada seja em canetinha, vale a dica: experimente retirar a pontinha com uma pinça e despejar a gotinha de soro no fundo da embalagem. Depois, é só recolocar a ponta e dar batidinhas de leve no produto para misturar e amolecer a solução.

Problema #3: o que fazer com a máscara de cílios ressecada?

Quer uma boa notícia? É possível usar todos os truques já citados para recuperar aquela sua máscara de cílios que secou de uma hora para outra! A dica, no entanto, é respeitar o truque certo para cada tipo de máscara.

É que nas versões à prova d’água, por exemplo, é melhor preferir a dica da água morna em vez das gotinhas de soro – tudo para não comprometer a longa duração e resistência do produto. No caso das máscaras laváveis, por outro lado, é possível escolher entre a alternativa que você preferir para resolver a situação.

Guarde seus produtos de make da maneira certa para evitar que o conteúdo resseque novamente

Se o ressecamento é uma característica constante nos seus produtinhos de make líquidos, vale a pena investir na prevenção, viu? E tudo começa com medidas simples. Tanto com o batom, máscara, delineador ou outro produto na textura cremosa ou líquida, o segredo é manter o frasco bem fechado, evitando deixá-lo muito tempo aberto após o uso.

Além disso, o local em que ele fica guardado também conta! Lugares muito úmidos e quentes, como o banheiro, por exemplo, não são os mais indicados para seus itens de make. Prefira sempre deixá-los em caixas plásticas dentro do armário ou em outro local da casa que seja mais fresco e arejado.

Aproveite as dicas!

Bjs!!♥

Fonte: Tudo sobre make
Maquiagem

Formas incríveis de delinear seus olhos

Olá pessoal!! Tudo bem?

É fato: uma maquiagem de olhos bem feita é capaz de realizar milagres. O delineador é uma ferramenta poderosa de beleza nas mãos de uma mulher. Quando a técnica é bem escolhida e executada corretamente, deixa qualquer olhar mais expressivo e atraente.

Achei umas imagens bem legais no site incrivel.club, e achei interessante compartilhar com vocês!!

Resultado de imagem para delineado como fazer

Vejam!

Linhas descontínuas

Delineado clássico

Multinível

Delineado duplo

Delineado cruzado

Delineado de tons claros para aumentar o tamanho dos olhos

Delineado a partir da metade da pálpebra para ’afastar’ olhos muito juntos

Olhos esfumados

Delineado elaborado

Dicas

  • O delineado destaca os olhos e a área ao redor deles, por isso suas sobrancelhas devem estar impecáveis.
  • É recomendável que você faça as linhas depois de aplicar a sombra. Caso opte por não usar sombra, aposte num pó compacto transparente. Isso irá deixar a superfície das pálpebras com um aspecto mais ‘liso’, e o delineado será ressaltado.
  • Delineie seus olhos com o olho aberto. Posicione o espelho exatamente à sua frente, sem inclinar o rosto.
  • Você deve apoiar o cotovelo sobre alguma coisa, pois caso você faça o traço com o cotovelo no ar, é provável que as linhas não fiquem tão perfeitas quanto você deseja.

Até a próxima!!

Bjs!!♥

Maquiagem

LÁPIS NUDE: APRENDA NOVAS MANEIRAS DE USAR O PRODUTO

Olá pessoal!! Tudo bem?

Garantir uma maquiagem com aspecto natural, e, de bônus, garantir um olhar mais aberto são as principais funções atribuídas ao lápis de olhos nude. Mas o produto esconde ainda muitas outras façanhas quando não é usado exclusivamente para iluminar a linha d’água inferior. O produto é usado mesmo como um coringa na maquiagem, perfeito para disfarçar imperfeições e até mesmo atenuar olheiras.

Confira cinco maneiras inusitadas para usar o item.

Resultado de imagem para como usar lapis bege

Contorno de boca

Além de deixar os olhos com um aspecto natural e destacado, o lápis de olho nude pode ser muito útil também como de boca, destacando o contorno dos lábios. O produto deve ser passado antes do batom do tom escolhido, delineando perfeitamente o local onde os lábios devem receber a cor. Se a ideia é apostar no batom nude, passe o lápis apenas para garantir que o batom não vai ultrapassar a linha da boca. Já se vai optar por cores mais vibrantes, como o vermelho ou o rosa, o lápis nude pode servir para destacar ainda mais a boca, dando a sensação de que os lábios são mais volumosos. O contorno dos lábios deve ser destacado suavemente. O efeito dá uma ilusão de ótica que a boca é mais volumosa.

Iluminador

O toque iluminado no rosto já caiu no gosto das mulheres mais antenadas e é truque certeiro de famosas e fashionistas. O lápis nude pode ser um grande aliado na busca dessa beleza radiante, ajudando a destacar as têmporas, as maçãs do rosto e até mesmo a parte interna dos olhos, truque perfeito para as mulheres que sofrem com olhos pequenos ou muito juntos um do outro. Vale usá-lo também próximo à sobrancelha, o que ajuda a levantar o olhar.

Disfarçar imperfeições da pele

O produto é ótimo para disfarçar manchinhas na pele, como marcas de sol ou acnes. Usado como um corretivo, que deve ser aplicado após a base, corrigindo o que ela não foi capaz de cobrir, o lápis nude ajuda a deixar a pele uniforme sem perder a naturalidade.

Atenuar olheiras

Assim como serve de corretivo, o lápis nude também pode ser usado para atenuar as tão temidas olheiras. É importante escolher uma tonalidade bem próxima a da pele e aplicá-lo como um corretivo, disfarçando os sinais de cansaço do rosto. Para evitar que o produto fique muito aparente quando aplicado ao redor dos olhos, vale investir em uma base da cor da pele, garantindo que a tonalidade do rosto fique uniforme.

Disfarçar as sobrancelhas

O produto pode ser usado para disfarçar alguns pelos da sobrancelha. O lápis de olho nude é um ótimo truque para quem está com a sobrancelha grande. Ele ajuda a disfarçar os pelos que estão fora do lugar. Truque perfeito para quando o tempo dedicado a rotina de beleza é curto, o lápis nude consegue camuflar os pelos assim como esconde algumas imperfeições da pele, deixando-os na mesma tonalidade do restante da cútis.

E aí? curtiram as dicas?

Bjs!!♥

Maquiagem

Olho esfumado: dicas para aprender de uma vez por todas

Olá pessoal, tudo bem?

Não há make mais versátil e curinga do que um olho esfumado. Ele vai desde ocasiões mais informais do dia a dia, até eventos que pedem uma elegância a mais.

Porém o esfumado pode ser uma tarefa complicada para quem não tem a prática, principalmente na hora de mesclar os tons de sombra.

Aprenda as etapas em detalhes e truques para mudar isso e se tornar expert no esfumado.

Resultado de imagem para olho esfumado técnicas

Como fazer olho esfumado sem erro

Com uma boa explicação, nós conseguimos realizar as tarefas mais difíceis. Com esse passo a passo você vai aprender de uma vez por todas a fazer o esfumado perfeito!

O esfumado preto é o mais comum, também conhecido como Smokey eye, com um visual mais carregado. No entanto, o esfumado é uma técnica que pode ser adaptada para qualquer cor. A questão é usar tonalidades diferentes de sombra para criar um degradê, deixando tudo mais natural e uniforme.

1- Comece preparando os olhos com o primer adequado para a região

A preparação da pele é um passo fundamental para que o resultado final fique exatamente como planejado, por isso, o primer certo é muito importante. Nos olhos, é ele o responsável por fixar a sombra na pele e deixar o efeito esfumado impecável por muito mais tempo, sendo assim, vale investir em um que tenha a consistência certa e seja de absorção rápida, para que o produto não se misture com a sombra na hora da aplicação.

2- Reforce o lápis na linha d’água e na pálpebra móvel

O smokey eye é conhecido por marcar bem os olhos com a maquiagem, principalmente no estilo preto esfumado. Para deixar a área bem poderosa, a dica é usar um lápis de olho kajal rente aos cílios e na linha d’água, marcando os locais que serão esfumados e dramatizando mais o olhar. Aqui, a dica é usar um pincel adequado para esfumar o traçado feito e, só depois disso, aplicar a sombra desejada para a produção noturna ou do dia a dia.

Resultado de imagem para olho esfumado passo a passo

3- Pincel com cerdas longas e volumosas são os mais indicados para o esfumado

Na hora de escolher a melhor ferramenta de maquiagem para esfumar a sombra, os pincéis macios e de cerdas maiores são os melhores, caso o desejo seja um efeito bem natural e sutil na produção. A maneira de segurá-los ao espalhar a cor do esfumado pela pálpebra também conta: segurar o pincel bem na pontinha durante o uso é uma maneira de deixá-lo mais solto nas mãos, suavizando ainda mais os movimentos e livrando a make do aspecto marcado.

Resultado de imagem para pincel para esfumar

4- Fique atenta a ordem e técnica certa das sombras no smokey eye

É para lá de normal ter dúvidas de como esfumar realmente a sombra escolhida, mas em geral, a ordem certa de aplicação é colocar a cor mais escura na região externa do olhos e a mais clara no centro da pálpebra móvel e, depois, espalhar as duas para que se misturem no olhar.

Agora, sobre os movimentos corretos e quais pincéis usar em cada etapa, um passo a passo bem detalhado do que fazer é tudo que você precisa para não errar a mão.

– Com um pincel de sombra, aplique a cor mais escura na região externa do olho, entre o côncavo e a linha de cílios (#dica: para fazer um esfumado diagonal ou para conseguir um efeito mais alongado, cole fita adesiva do canto externo do olho ao finalzinho da sobrancelha e remova depois da aplicação da sombra escura);

– Com outro pincel, aplique a cor mais clara no centro da pálpebra móvel.

– Depois, com um pincel de esfumar, espalhe ambas as sombras para que se fundam sem linhas marcadas. Não se preocupe se sair da linha do côncavo!

– Para um efeito mais intenso, pode esfumar um pouco da sombra mais escura ao longo da linha de cílios inferiores;

5- Para um ar natural, não vá muito além da linha do côncavo

O bom e velho esfumado que todos conhecemos vai além da pálpebra móvel, mas também não costuma ir tão longe do côncavo dos olhos. Na hora de fazer o processo de ‘vai e vem’ com o pincel, é válido tomar cuidado com o local em que a sombra está sendo aplicada e espalhada, para não deixar o olho esfumado muito além da área delimitada para o efeito.

6. Suavize o efeito com um pouco de iluminador

Por deixar o olhar bem profundo e sexy, o esfumado pode tirar um pouco do brilho natural dos olhos e fazer com que aparentem cansaço. Para o evitar, vale suavizar o efeito com um pouco de iluminador. Veja como:

– Com um pincel chanfrado, aplique o pó iluminador (que pode ser sombra branca, dourada ou prateada) no “V” interno no olho;

– No centro da pálpebra, aplique um pouco do produto e espalhe para dentro e para fora;

– No arco da sobrancelha, abaixo dos fios, vale também iluminar a região com um pincel de sombra.

7- Prefira usar o corretivo embaixo dos olhos depois que finalizar a sombra

Passar o corretivo na pálpebra antes de usar a sombra é permitido – e recomendando, para fixar e uniformizar o smokey eyes -, mas embaixo dos olhos, a dica é só aplicar o produto depois que o esfumado estiver terminado. O motivo é que, em geral, sombras em pó bem pigmentadas costumam cair no rosto durante a produção dos olhos e ficarem depositadas nessa região abaixo do olhar, criando o efeito ‘olho de panda’.

Para que elas não grudem na make, o truque é finalizar a pele só após terminar a make dos olhos, ou, caso o erro já tenha sido feito na pele pronta, limpar a sombra que caiu fora do local com um algodão, refazer a pele em seguida, com o corretivo e o pó.

8- Máscara e cílios postiços deixam o acabamento mais bem feito

Por fim, o detalhe que vai deixar a produção impecável e bem caprichada na finalização é todo feito nos cílios. Se a ideia é deixar a maquiagem bem sensual e forte no olhar, investir em cílios postiços e finalizar com boas camadas de máscara é o segredo para abrir a região dos olhos e valorizar ainda mais todo o trabalho feito com a sombra esfumada. O resultado é uma make elegante, sensual e bem caprichada, do jeito que as loucas por maquiagem adoram!

E aí, bora ousar no olho pretão?

Bjs!!♥

 

 

Maquiagem

Dicas de ouro para você melhorar sua maquiagem

Olá pessoal!! Tudo bem?

Não adianta ter a necessaire cheia de produtos se você não souber como usá-los não é mesmo?

Aproveite essas dicas para se dar bem na hora da maquiagem!

 

Resultado de imagem para dicas de maquiagem

 

Não teste a cor da base no rosto
A cor da pele do rosto é geralmente mais clara que o corpo por causa da proteção solar que é mais alta nessa região. A dica é aplicar uma pequena quantidade de base no colo e dar leves batidinhas. Se a base desaparecer, este é o tom certo para você.

O corretivo vai DEPOIS da base
Se aplicar antes, você vai remover produto quando aplicar a base e acaba pesando a mão no corretivo. Aplique primeiro a base, veja o que precisa melhorar e corrija só onde for necessário.

Aplicar a base de baixo para cima NÃO rola
Desta forma, você levanta os pêlos do rosto e os deixa muito evidentes. Ao invés disso, aplique em movimentos do centro para fora do rosto e em movimentos circulares direcionados para baixo, ou com batidinhas.

Não use o mesmo corretivo para cobrir olheiras e corrigir espinhas e manchas
Seu corretivo de olheiras, que é um tom mais claro que seu tom de pele, vai iluminar e destacar suas manchas, não vai esconde-las. Use corretivo cremoso que seja exatamente do tom da sua pele, ou também corretivos coloridos, para camuflar.

Não confie apenas no corretivo para cobrir espinhas, manchas e cicatrizes
Use uma camada de base, depois o corretivo, e então finalize com pó facial para selar os produtos e evitar que “desapareçam”ao longo do dia.

Não aplique corretivo de forma circular nas olheiras
Ao invés disso, aplique em forma de triângulo invertido abaixo dos olhos e esfume bem para iluminar a região.

Não deixe de usar hidratante só porque você tem pele oleosa
Isso irá ressecar sua pele e fazer com que ela produza ainda mais óleo. Experimente usar uma mistura de vinagre de maçã + água, ou compressas de chá verde como tônico (ambos irão balancear o nível de pH da pele) e então use um hidratante livre de óleo.

Se você tem pele mista, evite usar o mesmo produto em todo o rosto
Um sérum livre de óleo ou hidratante matificante seguram a oleosidade da zona T e um hidratante mais cremoso no resto do rosto te darão conforto e durabilidade para a maquiagem.

Não use pó solto com cor para lutar contra a oleosidade
Muito pó ao longo do dia pode criar camadas e tornar sua maquiagem pesada e artificial. Use um pó matificante translúcido de textura bem fina. Um lenço de papel pressionado levemente contra a pele também ajuda a diminuir o brilho.

Se você tem pele madura ou com marcas de expressão, evite produtos em pó com brilho
As partículas cintilantes refletem a luz em várias direções, fazendo com que ruguinhas ou excesso de pele nas pálpebras fiquem em destaque. Para parecer mais jovem, produtos opacos darão a impressão de pele mais lisa.

O bronzer não fica bom aplicado por todo o rosto
Apele fica com aspecto de “suja” e não te dá o efeito dimensional no rosto. Ao invés disso, imagine um número “3” nas laterais do rosto, escurecendo levemente o alto da testa descendo até a orelha e entrando entre a mandíbula e maxilar, para dar aquela “emagrecida” no rosto. Depois desça abaixo do rosto para dar destaque ao contorno da face e diminuir a “papadinha”.

Não preencha as sobrancelhas com a mesma quantidade de lápis ou pó do início ao fim
As extremidades devem ser preenchidas com mais suavidade do que o arco/centro das sobrancelhas. Depois de preencher as falhas, use uma escovinha de rímel velha ou uma escovinha própria de sobrancelhas e penteie elas para suavizar as linhas e deixa-las com aspecto mais natural.

Cuide ao aplicar lápis preto nos olhos
Se usar em toda a volta dos olhos e linha d’água vai fazer seus olhos parecerem ainda menores do que são: a dica para destaca-los e fazer parecerem maiores é usar lápis no delineado da pálpebra superior, esfumar sombra marrom na pálpebra inferior e usar lápis bege na linha d’água.

Não use iluminador em áreas onde os poros são mais abertos
Quem tem bochechas com poros maiores deve evitar chegar lá com o iluminador, porque o brilho vai evidenciá-los. Mantenha somente o alto das maçãs do rosto iluminadas.

 

Bjs!♥

Fitness · Saúde

Benefícios da Corrida Para Saúde e Boa Forma

Olá pessoal!! Tudo bem?

A corrida é uma das atividades físicas mais completas em benefícios para a saúde e a boa forma, além de ser também uma das mais gratificantes.

Quem corre pode estar em contato com a natureza por mais tempo, pode fazer mais amigos, livrar-se do estresse e sentir-se mais feliz.

Há uma série de evidências científicas que provam que há mais benefícios da corrida ou quaisquer exercícios intensos praticados regularmente que qualquer pílula que um médico possa prescrever.

Praticantes da corrida afirmam que o exercício torna-se um estilo de vida ao longo do tempo, e especialistas asseguram que este estilo de vida serve para melhorar o condicionamento aeróbico e aumentar a atividade das enzimas e hormônios que estimulam os músculos e o coração a trabalhar melhor, entre outros benefícios que veremos a seguir.

Resultado de imagem para correr

Benefícios da corrida para a saúde

Estudos comprovam que os exercícios vigorosos, quando bem praticados, rendem benefícios em abundância e de forma cumulativa para a saúde, ou seja, quanto mais você pratica, ou quanto mais difícil o exercício se torna, melhor estará a sua saúde.

É sabido que há uma melhora significativa na saúde de pessoas que saem de um estado sedentário para um nível mínimo de atividade física, mas esportes que envolvem intensidades mais altas, maior frequência e maior duração, proporcionam benefícios adicionais.

Um estudo recente mostrou que indivíduos que correm mais de 80 quilômetros por semana têm aumento significativo do HDL (o bom colesterol) e diminuição significativa da gordura corporal, das triglicérides e do risco de doenças cardíacas que os indivíduos que correm menos de 16 quilômetros por semana.

Além disso, o mesmo estudo mostrou que os corredores de longa distância tiveram uma redução de quase 50% na pressão arterial e mais de 50% de redução no uso de medicamentos para reduzir a pressão e o colesterol no sangue.

Benefícios da corrida para a boa forma

A boa forma geral do nosso organismo depende completamente da nossa capacidade cardiorrespiratória, ou seja, a capacidade do coração para bombear oxigênio de forma eficientemente forte e contínua para todos os músculos do corpo.

Quanto mais exercícios aeróbicos uma pessoa faz, mais sangue e oxigênio seu coração vai bombear a cada batida e mais oxigênio seus músculos vão consumir. Por exemplo, se uma pessoa tem 100 moléculas de oxigênio flutuando em sua corrente sanguínea, um músculo condicionado pode consumir 75 moléculas, enquanto um músculo mal exercitado só poderá consumir 30, ou até menos do que isso.

Na verdade, corredores de longa distância tendem a ter um consumo de oxigênio três vezes mais eficiente do que as pessoas sedentárias.

Lista de Benefícios da Corrida Para Saúde e Boa Forma

1. A corrida é um dos melhores exercícios para o coração

Os benefícios da corrida para o coração são um consenso entre todos os especialistas da saúde.

De acordo com um estudo de referência publicado pela fundação americana de cardiologia, correr de cinco a dez minutos por dia em velocidades lentas está associado a um risco drasticamente reduzido de morrer de doenças cardiovasculares.

Se compararmos, por exemplo, mulheres que nunca correram com corredoras regulares, as primeiras têm o dobro da probabilidade de morrer de doença cardíaca.

Todas as vezes que corremos há um aumento da frequência cardíaca, o que fortalece o músculo do coração e prolonga a sua capacidade de bombeamento de sangue, portanto, a sua vida útil.

Além disso, durante a corrida as artérias se expandem e contraem vigorosamente, movimentos que as mantêm mais fortes e ajustadas, ajudando a manter a pressão arterial em uma faixa normal.

2. Quem corre tende a se sentir mais feliz

Os corredores regulares sabem que o exercício melhora o humor, não importa o quão ruim ele estivesse no momento da largada. Isto se deve à liberação dos hormônios conhecidos como endorfina e endocanabinoide, responsáveis pela sensação de bem estar no organismo.

Em um estudo publicado pela Medicine & Science in Sports & Exercise, pesquisadores descobriram que mesmo uma única sessão de exercício de 30 minutos de caminhada em uma esteira poderia melhorar instantaneamente o humor de alguém que sofre de algum grau de depressão.

Estudos também têm mostrado que a corrida ainda protege contra ansiedade e depressão e pode ajudar as pessoas a lidarem com a ansiedade e o estresse, as principais causas da infelicidade nos dias atuais.

Em 2007, especialistas em comportamento fisiológico humano chegaram a afirmar que a corrida causa as mesmas adaptações neuroquímicas de recompensa no cérebro que certas drogas. Eles fizeram esta comparação para explicar que a sensação de recompensa e bem estar é o que leva à dependência. No caso da corrida, uma dependência que só faz bem!

3. O cérebro do corredor trabalha melhor

Cientistas descobriram que o mesmo processo físico-químico que alimenta e controla a eficiência do uso de energia no nosso organismo também age na formação da memória e nos processos de aprendizagem. Uma única proteína controla a liberação de energia para os músculos e também para o cérebro. Eles descobriram que corredores têm uma maior liberação desta proteína.

De acordo com o professor Ronald Evans, diretor do Instituto Salk para Estudos Biológicos, na Califórnia, “o coração e os músculos precisam de uma onda de energia para realizar exercícios e os neurônios precisam de uma onda de energia semelhante para formar novas memórias”.

Curiosamente, há uma abundância de exemplos de grandes pensadores que também eram corredores impressionantes. O decifrador de enigmas Alan Turing corria maratonas de quase três horas. O político britânico e jornalista Matthew Parris corria mais de duas horas com frequência e o cientista ganhador do Prêmio Nobel Wolfgang Ketterle chegou a cronometrar quase três horas de corrida.

3. Correr fortalece as articulações do joelho e os ossos

Um dos estudos que mostra os benefícios da corrida para a boa forma foi publicado pela revista Medicine & Science in Sports & Exercise. Nele, 100.000 corredores e pessoas que faziam caminhadas leves foram analisados, e constatou-se entre as pessoas que corriam cerca de 40 quilômetros regularmente o risco de desenvolver osteoartrose do joelho caiu pela metade.

Eles ressaltam que todas as vezes que o corredor pisa vigorosamente há um fortalecimento maior dos ossos, cartilagem e músculos que sustentam o joelho. Pessoas que realizam exercícios de baixo impacto como caminhadas e natação não têm o mesmo nível de benefício.

Além disso, pesquisas já comprovaram que corridas são benéficas para os joelhos porque o movimento acentuado dos ossos aumenta a produção de massa óssea, e pode ajudar a impedir a perda óssea relacionada com a idade. De acordo com o pesquisador da Universidade de Boston David Felson, “Muitos estudos de longo prazo mostram que correr não parece causar muito dano aos joelhos, na verdade, quando olhamos para as pessoas com artrite do joelho, não é comum encontramos uma história prévia de corrida, e quando olhamos para os corredores e os acompanhamos ao longo do tempo, não vemos um risco aumentado de desenvolver osteoartrose”, disse Felson.

4. Correr emagrece

Correr regularmente queima calorias tanto durante o período que se pratica o exercício quanto depois, trata-se do “afterburn”, um processo de queima de calorias após o exercício por causa do excesso de consumo de oxigênio pelo organismo. O melhor é que este efeito ocorre mesmo em corridas mais lentas, apenas em um ritmo um pouco mais rápido do que a caminhada normal.

É possível que alguns esportes como a natação, em alguns casos, queimem até mais calorias do que correr, mas se compararmos o físico de nadadores olímpicos e de corredores de longa distância vê-se que os corredores têm corpo mais magro e definido.

Correr requer uma grande quantidade de combustível (calorias). Uma pessoa pesando 68 quilos queima, em média, 12 calorias por minuto se correr um quilômetro e meio em 10 minutos. Se a corrida for feita em terreno íngreme, que exige mais esforço, a queima pode ser ainda maior.

5. Correr faz bem para as pernas

Os maiores músculos do nosso corpo estão nas pernas e há benefícios da corrida para todos eles: músculos internos e externos das coxas, panturrilha e até os glúteos. Correr é como realizar uma dúzia exercícios de perna em um só.

6. Corrida diminui o risco de câncer

Correr não cura o câncer, mas há uma abundância de provas de que os benefícios da corrida podem ajudar a evitá-lo.

Em um documento amplo sobre as relações entre exercícios físicos e casos de câncer, cientistas finlandeses estudaram a saúde de um grupo de 2.560 homens de meia idade ao longo de 17 anos e então revelaram as suas conclusões. Eles descobriram que os homens que eram fisicamente ativos eram menos propensos a desenvolver câncer. Até este ponto não há surpresa.

O que foi mais interessante, no entanto, foi a descoberta de que aqueles que praticavam corrida, ou faziam exercício de intensidade similar, por 30 minutos diariamente estavam mais protegidos contra a doença e exibiram “uma redução de 50% no risco de morrer prematuramente de câncer de qualquer natureza”, de acordo com Sudhir Kurl, médico diretor da Escola de Saúde Pública e Nutrição Clínica na Universidade de Kuopio.

7. Os corredores têm melhor qualidade auditiva

De acordo com pesquisa realizada na Universidade Belarmino, em Kentucky, EUA, correr aumenta o envio de fluxo sanguíneo para os ouvidos, o que resulta em melhoria da audição.

Neste estudo, Dr. Paul Loprinzi estudou 1.082 mulheres adultas e concluiu que aquelas com maior aptidão cardiorrespiratória tiveram melhor função auditiva tanto de alta quanto de baixa frequência. As mulheres que praticavam exercícios que as proporcionava maior aptidão aeróbica, como corridas, mostraram-se 6% mais propensas a terem uma boa audição do que as sedentárias.

8. Ser bom na corrida pode indicar melhor saúde reprodutiva

Cientistas da Universidade de Cambridge estudaram 542 corredores na maratona de Robin Hood, em Nottingham, e descobriram que aqueles que terminaram a corrida mais rapidamente estavam mais propensos a ter impulsos sexuais mais fortes e tinham maior contagem de esperma.

Eles defendem que os bons corredores são mais susceptíveis a ter boa resistência e refletem uma herança genética de maior saúde reprodutiva. Segundo os pesquisadores, se os antepassados foram excelentes caçadores de persistência, por exemplo, eles teriam passado mais genes para seus descendentes e estes seriam mais fortes e gerariam também bons reprodutores.

“A observação de que a capacidade de corrida e resistência está ligada ao potencial reprodutivo nos homens sugere que as mulheres antepassadas eram capazes de observar na atividade física um sinal para escolher um bom parceiro de reprodução”, disse o principal autor do estudo, Dr. Danny Longman. Segundo ele, estas características genéticas foram repassadas até os dias atuais.

9. Correr ajuda a manter a memória mesmo com o envelhecimento

Um estudo publicado pela revista de psicologia Psychonomic Bulletin & Review, concluiu que há evidências indiscutíveis de que há benefícios da corrida regular para evitar o declínio mental relacionado com a idade, principalmente a capacidade de alternância de tarefas, atenção seletiva, e retenção de memória.

Correr regularmente garante a saúde prolongada das artérias que transportam sangue e oxigênio e são responsáveis pela irrigação de áreas específicas do cérebro que tendem a se degenerar ao longo dos anos, levando à perda da memória, à defasagem da linguagem e à confusão de pensamentos.

Correr na juventude ajuda a manter ativas por mais tempo as funções cerebrais que garantem a atenção, a concentração, o planejamento e a organização das idéias.

Qual a quantidade certa para correr?

Pesquisas defendem que correr até dez quilômetros uma a duas vezes por semana leva ao máximo dos benefícios da corrida para a saúde e boa forma. Estudos mostram que a alteração no tipo de terreno onde a corrida é realizada não deve resultar em aumento de benefícios para a boa forma, no entanto, corridas ao ar livre e em grupo tendem a melhorar o bom humor e o bem estar nas pessoas.

Correr mais que 30 quilômetros por semana pode melhorar a aptidão cardiovascular, mas, paradoxalmente, aumenta ligeiramente o risco de lesão, esclarecem os especialistas. Eles defendem a corrida moderada porque se exercitar em um nível elevado não traz maiores benefícios para a saúde.

Dicas para uma corrida saudável

  • Uma corrida perfeita é aquela onde não há lesões ou cansaço excessivo;
  • O risco de ferimentos e lesões durante as corridas aumentam de acordo com a intensidade da corrida e seu tempo de duração;
  • Os machucados mais comuns relacionadas à corrida acontecem no joelho e a idade mais avançada pode ser um fator de risco significativo para a ocorrência de lesões;
  • Especialistas recomendam fazer alongamento antes da corrida, dar tempo para o corpo se recuperar totalmente após o exercício e, principalmente, reconhecer os sinais de fadiga que o organismo emite em caso de excesso;
  • Você estará pronto para correr após, pelo menos, duas semanas de caminhadas ou alguma outra forma de exercício regular (cerca de 30 minutos por dia, quatro ou cinco dias por semana). Isto vai diminuir o risco de se machucar;
  • Use tênis e roupas adequadas, trace uma rota segura e deixe que seu corpo mostre até onde você pode ir. Algumas dores musculares especialmente no quadríceps e panturrilhas são de se esperar no início, elas podem ser somente um sinal que você está levando o seu corpo mais longe ou mais rápido do que ele está acostumado a ir;
  • Mas há algumas dores que não devem ser ignoradas. Quaisquer dores agudas ou que persistam ou piorem à medida que você desempenha suas atividades diárias são sinais de que o corpo precisa descansar e que você pode precisar de um médico especialista.
Fonte: Mundo da boa forma
Moda

Dica de Look: Calça branca

Olá pessoal!! Tudo bem?

Engana-se quem ainda se prende ao estigma de que a calça branca é algo difícil de combinar e não pode ser usada como coringa no armário. Clean e cheia de estilo, a peça traz inúmeras possibilidades de looks e agrega sofisticação e elegância a mulher. Além disso, a calça tem o poder de deixar uma mulher muito mais feminina e realçar os pontos fortes de cada uma.

A peça transita entre os looks mais formais aos casuais sem dificuldades e traz inúmeras possibilidades de combinação. Essa diversidade faz com que a calça branca seja indispensável para o guarda-roupa da mulher moderna e que gosta de estar em evidência e na moda o tempo todo.

Resultado de imagem para calça branca com peças claras

A combinação de peças claras é ideal para aquelas que buscam criar um visual mais sofisticado. Podendo ser utilizado em diversas situações, o look, que pode ou não ser all white, resultar em algo atemporal, com uma aparência mais sóbria e clean.

E é um equivoco achar que está proibido abusar do visual todo trabalhado em peças mais claras nas diferentes estações do ano. O ideal é saber combinar e utilizar as peças certas. As mais pesadas conquistam o inverno com descontração, enquanto as mais leves e soltas são ideais para os looks de verão, por exemplo.

Resultado de imagem para calça branca com camisa

As camisas, mesmo que mais soltinhas, criam um visual mais formal, mas tudo depende com o que ele for combinado. Esse conjunto pode ser combinado com sapatos de salto, rasteirinhas ou até sapatilhas, sendo que tudo deve visar do objetivo final.

Resultado de imagem para calça branca com camisa

Qualquer cor de camisa ou estampa é valida, sendo que, as mais escuras criam um visual mais pesado e formal e as estampadas ou claras trazem uma sensação de fluidez e leveza. A dica é enxergar a calça branca como uma tela em branco e que pode ser usada e abusada do jeito que mais interessar.

Imagem relacionada

Entre muitos mitos da moda, a relação proibida entre mulheres plus size e roupas brancas estava presente e se fazia forte na hora de montar um guarda-roupa. Esta peça era rodeada de preconceitos, mas agora já se sabe que com uma boa modelagem, tecido e utilizada da forma correta, ela pode ser uma grande aliada e ideal para criar looks incríveis.

As mulheres que estão um pouco acima do peso devem apostar nas calças com barras mais justas e o cós mais larguinho. Outra dica é também optar por modelagens mais retas, combinadas com blusas mais compridas e largas, que resultam na sensação de uma silhueta mais longa e afinada. Escolhas como estas ajudam a realçar os pontos altos do corpo feminino e a não dar a sensação de estatura diminuída.

Resultado de imagem para calça branca alfaiataria

Mais sóbria que os outros modelos e classificada com uma peça universal, um clássico da moda, a calça de alfaiataria se encaixa perfeitamente em looks mais formais, o que a torna ideal para ambientes de trabalho e eventos diurnos.

O modelo é uma pedida certa para todas as mulheres, independente da idade. Porém, por ser uma peça que veio diretamente do armário masculino, ela deve ser sempre combinada com peças mais femininas e suaves.

 

Inspire-se!

Resultado de imagem para calça branca com bota

Resultado de imagem para calça branca com bota

Resultado de imagem para look calça branca

Imagem relacionada

Imagem relacionada

Resultado de imagem para look calça branca

Resultado de imagem para look calça branca

Resultado de imagem para look calça branca

Resultado de imagem para look calça branca

Imagem relacionada

Imagem relacionada

Resultado de imagem para look calça branca

Imagem relacionada

Resultado de imagem para look calça branca

Imagem relacionada

Resultado de imagem para look calça branca

Até breve!!

Bjs!!♥

Dicas úteis

30 Truques que toda dona de casa precisa saber

Olá Pessoal!! Tudo bem?

Na correria do dia-a-dia, pode ser um grande desafio manter a casa organizada e conseguir desempenhar todas as tarefas domésticas. Além disso, pequenos acidentes são comuns mas nem sempre conseguimos decifrar as soluções rapidamente.

Riscou sem querer o sofá com a caneta? Colocou a camiseta sem o desodorante secar e ficou com manchas? Foi pintar o cabelo e acabou sujando a roupa de tinta? Tentou fazer uma gelatina para a sobremesa mas ela ficou toda despeçada na hora de desenformar? Essas coisas acontecem mais do que gostaríamos, mas não são motivos para estragar o dia de ninguém: as soluções podem ser muito mais simples do que você imagina!

Para driblar as situações mais diversas do cotidiano, é muito útil saber alguns truques. Afinal, deixando as atividades mais práticas – na cozinha, na organização ou na limpeza – sobra muito mais tempo livre para aproveitar de outras formas.

Confira a seguir algumas dicas simples, práticas e rápidas que podem mudar a forma como você encara um contratempo doméstico, nos mais diferentes cenários.

Resultado de imagem para dicas

1. Afiar a faca sem amolador: vez ou outra as facas nos deixam na mão na hora de preparar uma refeição e o amolador nem sempre está por perto. Mas, usar o amolador não é a única maneira da dar um jeito naquela faca cega! Basta pegar uma caixinha de fósforo e afiar a lâmina da faca na mesma faixa em que se risca o fósforo.

2. Manter sanduíches frescos: o sanduíche é prático, rápido e um grande salvador de momentos em que até o tempo para comer está curto. Você pode ampliar ainda mais essa praticidade preparando vários sanduíches de uma vez, para ter um lanche pronto em vários momentos. Para mantê-los fresquinhos, coloque algumas folhas de alface sobre um papel alumínio, coloque o sanduíche por cima, embrulhe e guarde na geladeira.

Resultado de imagem para engrossar caldo feijao

3. Engrossar o caldo do feijão: se você gosta do feijão com o caldo mais encorpado mas não consegue esse efeito no cozimento, retire da panela uma concha do feijão cozido e amasse os grãos. Depois, devolva a pasta para a panela, mexa bem e deixe ferver por mais alguns minutos.

4. Evitar o ressecamento da carne assada: antes de culpar o seu forno pelo ressecamento de um frango assado, preste atenção ao tempero usado na carne! O vinagre e o limão acrescentados antes da carne ir ao forno podem deixá-la ressecada. Laranja e abacaxi são boas substituições para esses ingredientes.

5. Amaciar a manteiga gelada: usar a manteiga gelada pode acabar se tornando uma prova de força e paciência, principalmente em dias mais frios. Para agilizar o processo e deixá-la molinha com mais rapidez, aqueça uma tigela com água quente e cubra a manteiga com ela, como se fosse uma estufa.

Resultado de imagem para sorvete macio

6. Manter o sorvete macio no freezer: depois de aberto, um pote de sorvete pode acabar perdendo a magia no freezer. O gelo acumulado deixa o sorvete endurecido e ainda altera o sabor. Para evitar esse acúmulo e manter a sobremesa cremosa, guarde o pote no freezer dentro de um saco plástico.

7. Limpar milho verde: se você sofre com a dificuldade de tirar os fiozinhos do milho que ficam grudados na espiga, adote uma escova de dentes para te ajudar com a tarefa! A escovinha faz com que os fios quebrem com menor frequência e saiam com mais facilidade.

8. Descongelar carne vermelha: não deu tempo de se planejar antes de cozinhar e a carne ainda está congelada? Um jeito rápido de descongelar é colocando a carne para marinar por alguns minutos no vinagre, que aumenta a temperatura do ingrediente. Depois, termine de descongelar no micro-ondas ou com água.

9. Deixar o sal soltinho: com o tempo, o sal vai ficando mais encorpado e pode ser uma aventura conseguir um saleiro. Para mantê-lo soltinho, leve uma panela ao fogo e, depois de aquecida, coloque o sal e mexa por dois ou três minutos. Para isso, procure evitar panelas de alumínio e use o fogo baixo.

Resultado de imagem para desenformar gelatina

10. Desenformar gelatina sem quebrar: para uma gelatina inteira e perfeita depois de desenformada, conte com o auxílio de altas temperaturas! Mergulhe a forma na água quente ou envolva-a com uma toalha molhada com água quente. Depois de alguns minutos, é só desenformar dando batidinhas no recipiente.

11. Limpar estofados de tecido: para remover odores, mofo, umidade e desinfetar estofados de tecido, comece escolhendo um dia ensolarado para fazer a limpeza. Polvilhe bicarbonato de sódio pelo estofado e aspire para remover o excesso. Depois, borrife vinagre branco e deixe secar ao sol.

12. Desentupir ralos: essa dica é ideal para desentupir ralos da pia da cozinha e do banheiro. Coloque no ralo uma xícara de bicarbonato de sódio e depois acrescente duas xícaras de vinagre branco de álcool. Quando a mistura não estiver mais efervescente, despeje água fervente e evite abrir a torneira por cerca de 30 minutos.

13. Remover os cabelos do ralo: cabelo cai e vai se acumulando no ralo – é inevitável. Para evitar a desagradável sensação do cabelo molhados nas mãos, use uma agulha de crochê para remover os fios.

14. Prolongar a limpeza do box do banheiro: lavar o banheiro é uma das atividades mais temidas do cotidiano. Mas, é possível prolongar um pouco mais o efeito da faxina, impedindo o crescimento de fungos nos rejuntes e evitando manchas por mais tempo. Para isso, basta borrifar vinagre branco de álcool na área a cada dois dias.

15. Limpar liquidificador: por causa das lâminas, o liquidificador pode ser um objeto complicado de limpar. Para remover a sujeira rapidamente, bata em alta velocidade alguns cubos de gelo, água morna e detergente. Em um ou dois minutos você tem copo e lâminas limpinhos!

16. Lavar paredes: o truque aqui está em como começar. Lavar paredes se torna mais fácil começando de baixo para cima do que o contrário – afinal, a bagunça ao limpar os pingos na superfície que já está limpa é bem menor.

Resultado de imagem para mancha de caneta no sofá

17. Remover mancha de caneta do sofá: até o menos desastrado dos seres humanos pode acabar manchando com a caneta o que não deveria ser riscado. Para remover riscos de tinta de um estofado de tecido, basta aplicar vinagre branco de álcool em uma esponja e esfregar até sair.

18. Hidratar o couro: começou a fazer frio e você vai tirar a jaqueta de couro do armário? Depois de muito tempo guardada, você pode hidratar o couro para que a peça fique renovada. Em um pano úmido, pingue gotas de vaselina líquida ou óleo de amêndoas doces e esfregue na peça toda. Após dez minutos, termine o processo passando um pano branco seco.

19. Acelerar a secagem da roupa: essa é uma boa dica para quem deseja ainda mais rapidez na hora de centrifugar as roupas. Coloque na centrífuga, junto com as peças molhadas, uma toalha seca. A toalha absorverá um pouco da água e as roupas sairão da máquina bem mais secas.

Resultado de imagem para mancha de desodorante

20. Remover manchas de desodorante: ah, a pressa! Nada mais comum que vestir a blusa antes do desodorante secar e ganhar de brinde uma mancha esbranquiçada na peça. Para se livrar dela rapidamente, basta esfregar uma esponja seca na mancha.

21. Passar roupas de couro: embora tenha um visual mais pesado, as peças de couro são bastante delicadas na hora de passar. É importante não usar ferro a vapor e ajustar a temperatura para menos de 80°. Para proteger a peça, coloque um pano claro sobre o couro e só passe o ferro com o pano servindo como intermediário.

22. Remover o odor das meias: se você já lavou meias e elas continuaram com um cheirinho desagradável, está na hora de exterminar as bactérias do tecido. Para isso, deixe-as de molho em uma mistura de água e vodka (sim, vodka!) por cerca de 30 minutos.

23. Remover tinta de cabelo do tecido: é comum estar pintando o cabelo e acabar com alguma mancha na roupa ou na toalha. Para removê-la ainda fresca, aplique água oxigenada sobre a mancha e esfregue com uma escova de dentes em linhas retas. Depois, seque com um pano e lave a peça normalmente.

24. Guardar roupas com bojo: para armazenar blusas e vestidos com bojo sem danificar as peças, jamais pendure-as! O melhor a fazer é dobrar a peça ao meio, encaixar um bojo dentro do outro e continuar dobrando a roupa até ficar exatamente do tamanho do bojo. Depois, é só guardá-la em pé na gaveta.

Resultado de imagem para roupas de couro

25. Armazenar roupas de couro e camurça: se bem cuidadas, peças de couro e camurça podem ser suas companheiras por um longo tempo. Na hora de guardar, pendure-as em cabides de madeira ou plástico e proteja-as com uma capa de TNT, mantendo-as sempre em locais que não fiquem expostos à luz.

26. Guardar meia-calça: para garantir que a meia-calça esteja segura a objetos que possam desfiar os fios, o ideal é manter a peça dentro de sacos com fechamento ziploc. Resistente, a embalagem vai proteger a meia de objetos pontiagudos.

27. Proteger roupas brancas: já passou pela chata experiência de pegar uma roupa branca no armário e perceber que ela está amarelada? Mesmo limpo, o tecido branco pode acabar amarelando por causa da incidência de luz. Para proteger a peça, guarde-a envolvida em papel de seda ou TNT azul.

Resultado de imagem para luzes de natal

28. Guardar luzes de Natal: se em toda época de Natal você passa mais tempo desembaraçando as luzinhas do que enfeitando a casa, este é um truque bem simples que evita a enrolação. Enrole o fio em um pedaço de papelão e guarde os enfeites em caixas.

29. Organizar fios de eletrodomésticos: para não ter que lidar diariamente com os fios de eletrodomésticos soltos e emaranhados pelo armário, a solução é simples. Cole um velcro autocolante no plug e outro no aparelho. Na hora de guardar, enrole o fio no aparelho e junte as duas partes do velcro para manter tudo no lugar.

30. Armazenar tapetes: a melhor maneira de guardar um tapete é enrolado – além de evitar marcas, você economiza espaço. Em um tubo de PVC ou em um tudo macarrão de piscina, enrole o tapete com face virada para dentro, no sentido do comprimento.

Resultado de imagem para dicas

Gostou das dicas? Teste-as em casa e deixe o seu cotidiano mais prático!

Bjs!!♥

Saúde

O sedentarismo e o impacto na sua saúde

Olá pessoal!! Tudo bem?

Com um estilo de vida cada vez mais “conectado”, não precisamos mais sair do sofá para ter entretenimento, não precisamos visitar os amigos para falar com eles, podemos pedir pizza ao invés de ir à pizzaria, deixamos de bater perna e compramos uma geladeira pela Internet. Conectamo-nos ao mundo e nos desconectamos da nossa saúde, do movimento, do esporte.

Esse estilo de vida, “bunda” na cadeira, está matando muita gente. Uma pesquisa publicada em 2012 pela revista médica Britânica Lancet, afirma que a falta de exercícios vem causando tantas mortes quanto o tabagismo. A inatividade mata uma em cada dez pessoas no mundo, com doenças cardíacas, diabete e câncer de acordo com o estudo.

Resultado de imagem para sedentarismo

Por que estamos vivendo de forma tão destrutiva? Sem dúvida a falta de tempo e a preguiça são as maiores desculpas para a atividade física não acontecer.

Uma pessoa é considerada sedentária quando não consegue gastar o mínimo de 2.200 calorias por semana com atividades físicas. O indivíduo ativo deve gastar no minimo 300 calorias por dia.

Acredita-se que 46% da população brasileira seja sedentária. Ainda, estima-se que o sedentarismo esteja relacionado com quase 14% das mortes no Brasil.

Causas

Existem várias causas para o sedentarismo, sendo a principal delas a falta de atividades físicas e de uma alimentação saudável.

Algumas atividades do atual modo de vida das pessoas favorecem o sedentarismo, por exemplo:

  • Fazer uso de carro mesmo em pequenos trajetos;
  • Utilizar escadas rolantes;
  • Rotina tomada por diversas atividades;
  • Deixar de realizar algumas atividades domésticas;
  • Consumo exagerado de alimentos industrializados;
  • Passar várias horas utilizando o computador ou em frente a TV.

Consequências

As consequências do sedentarismo são:

  • Perda de força física;
  • Atrofia muscular;
  • Surgimento de doenças: diabetes tipo 2, hipertensão arterial e infarto do miocárdio;
  • Acúmulo de gordura;
  • Em alguns casos mais graves pode até levar à morte súbita.

 

Sedentarismo infantil e na adolescência

Resultado de imagem para sedentarismo

O sedentarismo não acomete apenas os adultos, ele também é bastante comum na infância e adolescência, trazendo consequências para a vida adulta.

Uma criança sedentária pode tornar-se um adulto obeso. Porém, as crianças magras também podem sofrer as consequências do sedentarismo.

Muitas crianças substituíram o ato de brincar por assistir TV, jogar vídeo-game, usar computadores e tablets. Os adolescentes também passam horas em frente aos computadores, TV e utilizando celulares.

Além da falta de atividades físicas, crianças e adolescentes tendem a se alimentar de mais doces, chocolates, biscoitos e refrigerantes, o que contribui para a obesidade.

Sedentarismo e obesidade

Resultado de imagem para sedentarismo

A obesidade pode surgir em decorrência do sedentarismo. Isso acontece quando o sedentarismo é associado a uma dieta rica em açúcares e gorduras.

A obesidade é o acúmulo de gordura corporal em excesso, caracterizada pelo volume excessivo do ventre e de outras partes do corpo.

Dicas para sair do sedentarismo

Para sair do sedentarismo é necessário dar início a realização de atividades físicas. Elas podem iniciar de forma leve e aumentar de intensidade com o tempo.

Resultado de imagem para sedentarismo

As principais dicas para sair do sedentarismo são:

  • Realizar uma alimentação saudável;
  • Praticar no mínimo 30 minutos de atividade física por dia;
  • Preferir realizar pequenos trajetos caminhando;
  • Praticar a ginástica laboral, no caso de trabalhos em escritórios;
  • Trocar elevadores por escadas;
  • Realizar atividades domésticas.